Pela independência da Galeria Victor Kursancew

Por Ale Mello
Artista visual, diretora de eventos da AAPLAJ

44797_597119810339724_1338653245_nA Galeria Municipal de Arte Victor Kursancew está com seus dias contados se a classe artística de Joinville não se mobilizar. No último Fórum de Artes Visuais, discutiu-se acerca da vontade de destinar a galeria à Casa da Cultura Fausto Rocha Junior, deixando Joinville sem um importante espaço de fruição estética em arte.

O artista e conselheiro de artes visuais no CMPC Nilton Tirotti coloca que desde o Fórum de Arte Visuais, nenhum posicionamento da Fundação Cultural de Joinville foi apresentado, com isso, o mesmo convoca os artistas de Joinville a comparecerem na reunião que pretende mudar o regimento. A reunião acontecerá no dia 24 de agosto de 2015 (segunda-feira), às 19h30, na Casa da Cultura.

A Galeria Municipal de Arte Victor Kursancew é uma das unidades da Fundação Cultural de Joinville e tem como sede a Casa da Cultura Fausto Rocha Junior. Criada 1982, pelo decreto nº 4.461, esta se constitui em um importante espaço de encontro artístico e cultural na cidade de Joinville.

A GMAVK, desde sua criação, permitiu discussões e reflexões acerca da arte contemporânea. Ao fomentar oficinas, palestras e exposições, possibilitou a aproximação e o envolvimento do público com as artes visuais. A mesma é responsável pelo Salão dos Novos de Joinville, projeto nacionalmente conhecido e importante para a visibilidade de artistas que estão iniciando seu percurso artístico.

Devido ao Regimento Interno e aos setores: Coordenação, Educação, Administração e Conselho Consultivo, a GMAVK se sustenta de modo autônomo à Casa da Cultura, uma vez que ambas possuem demandas diferentes.

Enquanto a Casa da Cultura tem por objetivo a formação técnica das linguagens artísticas, a GMAVK tem como finalidade, contribuir na fruição em arte. Neste sentido, quando a galeria exerce sua função de modo independente, permite a aproximação dos próprios estudantes da Casa da Cultura às produções em artes visuais.

No entanto, pretende-se com urgência a modificação do atual regimento, fazendo com que a GMAVK perca sua autonomia e independência, ficando a cargo da Casa da Cultura.

Ao ser discutido essa questão no último Fórum de Artes Visuais, realizado na AAPLAJ, no dia 11 de agosto de 2015, o diretor executivo da FCJ Guilherme Gassenferth se mostra, mais uma vez, interessado a dialogar com a classe artística da cidade. Como de costume, Gassenferth pouco ou nada tinha a responder, fazendo com que seu cargo de diretor executivo da FCJ se resuma a um amenizador de ânimos, pois escuta as queixas da classe artística, mas nenhuma providência se efetiva no cenário. Assim, ausência de ações na área artística e cultural, torna-se marca da atual gestão.

A artista e conselheira da GMAVK, Giovanna Fiamoncini, acentua a importância da transparência e de participação da classe artística em decisões referentes ao futuro da galeria dando como primeiro passo a nomeação de um novo coordenador para a Galeria com formação na área que esteja disposto a dialogar com a classe artística.

 

 

SIGLAS

 

AAPLAJ: Associação de Artistas Plásticos de Joinville

CMPC: Conselho Municipal de Política Cultural

GMAVK: Galeria Municipal de Arte Victor Kursancew

FCJ: Fundação Cultural de Joinville

Gostou do conteúdo?


Curta a nossa fanpage no Facebook:  
e siga-nos no Twitter:  

O Metranca agora está aceitando conteúdo enviado pelos leitores!
Confira em: https://coletivometranca.com.br/contribua-com-o-metranca/

Veja Também

Metranca
Sobre Metranca 223 Artigos
O Coletivo Metranca é um portal que trata de comunicação e arte. Formado em Joinville, Santa Catarina, o coletivo surgiu em 2011, como opção e espaço para atender demandas do setor cultural da região.

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*