NÃO ENTRE EM PÂNICO #21 – O Reaça

O reaça, apelido carinhoso dado ao reacionário, é um esteriótipo de pessoas que tem se tornando cada vez mais popular atualmente. São definidos por uma série de características e comportamentos bem típicos, mas talvez a mais emblemática e fundamental característica de todas é que eles se sentem superiores aos demais. Na mente de um reaça, a raça humana em geral é uma gentalha, uma ratataia, um povinho encardido, uma patuleia. Eles acreditam piamente que algumas pessoas privilegiadas, como eles, nasceram diferentes, são especiais. Nasceram tocados pela fodalidade, possuem mentes oniscientes, percepção pré-cognitiva e o dom da verdade absoluta.

É importante ressaltar que o reaça não acha que ele é especial. O reaça sem um grupo não é nada. Ele sente que o grupo que ele faz parte é especial e se agarra aos ideais deste grupo. O reaça é incapaz de discordar do grupo ao qual ele faz parte. Pois isto implicaria em fazer parte da ratataia que ele tanto odeia. No fundo o reaça sabe que faz parte da ratataia, mas ele imagina que se ele estiver alinhado com essas pessoas tão fabulosas que fazem parte do grupo tão legal, ninguém vai notar quem ele realmente é.

Como para os reaças fazer parte de um grupo é tudo, eles se esforçam ao máximo para categorizar toda a sociedade. Ao fazerem isso são obrigatoriamente compelidos a estabelecer uma polaridade entre os grupos. Por esta razão são extremamente preconceituosos. Para dar um exemplo: Se o reaça é heterossexual, ele necessariamente tem que odiar os homossexuais. Ele acha um absurdo o casamento gay, ele entra no grupo “orgulho hétero” e por ai vai…

Os reaças geralmente são bem eloquentes, pois como eles tem dons maravilhosos e são especiais, são os reis em cagar regra. Enchem os comentários de qualquer coisa se seja feita com críticas escabrosas, sem fundamentação em nenhum argumento, só usando truques de retórica, as populares falácias, para mentalmente vencerem as discussões. Geralmente o truque mais utilizado é a tentativa de ridicularizar o orador, chamando-o de esquerdista, petralha, ignorante… Mas também usam bastante a falácia da solução perfeita, onde desqualificam qualquer argumento dizendo que ele não soluciona tudo… Tipo agora a gasolina subiu falar: Quem mandou votar na Dilma!

Pensamento lógico, método cientifico, raciocínio ético inexistem na mente reacionária.  Há um mestre, que não obrigatoriamente é uma pessoa, pode ser um discurso, que diz o que é o certo e quem é o inimigo da vez. Normalmente esse mestre esta pautado na moral, na religião, ou no status social e dita todo o pensamento de uma legião de pessoas, que não o questiona nem procura o contraditório, até por isso, sentem saudades da ditadura militar. É muito comum um reacionário citar a Veja, algo veiculado na Rede Globo, algo que leu na internet sem checar as fontes que muitas vezes são boatos escabrosos. Pra citar um exemplo aqui, acho que o mais clássico é que o filho do Lula é dono da Friboi (JBS). Me lembro de um boato mais antigo que o filho do Lula era dono da Brasil Telecom. Pesquisas e estudos científicos, jornalismo sério, várias fontes, são coisas que não existem para os reaças.

Para o reacionário, a realidade dele é a realidade de todos os brasileiros e se não é foi falta de esforço. Os reaças são extremamente meritocráticos e acreditam que seu curso superior, seu carro, seu apartamento, suas roupas de grife, seu smartphone, suas viagens e tudo mais são fruto de seu mérito. Quando convém esquecem que papai e mamãe proporcionaram para eles tudo ou deram condições para que tudo isso fosse adquirido. Acham que a classe média é o padrão e que quem é pobre é assim porque não soube administrar seus recursos. Por isso são absolutamente contra qualquer política de distribuição de renda, fingem que o racismo não existe, são contra as cotas, contra a inclusão digital, contra as favelas, os nordestinos… Sonham com o Brasil igual a disneylândia. São incapazes de perceber os abismos sociais e as desigualdades tão gritantes presentes em nossa país. São defensores do capitalismo, mas reclamam da violência urbana causada pela desigualdade social, perseguem qualquer pessoa que tente tecer algum diálogo com ideias socialistas.

São contra os direitos humanos, pois acham que eles só protegem os bandidos, e neste sentido, acham que bandido bom é bandido morto. Não tem noção do que diz a constituição federal, pedem constantemente a diminuição do papel do estado sem ter a noção da quantidade de pessoas que não tem acesso aos direitos básicos de qualquer cidadão brasileiro. Aliás, sua relação com o estado sempre é conturbada, pois sempre acham que o estado está tirando deles para dar a aqueles que mais detestam, o povo. Dizem que sustentam o país e que o levam nas costas, sem nem ao menos imaginar que na verdade as pessoas que realmente são exploradas são as que eles contratam e por vezes destratam.

Se você se identificou com essas características ou comportamentos, lamento te informar, mas você é um reacionário. Você está no lugar errado querido, aqui no metranca não é lugar para você! Aqui somos todos esquerdistas alienados adoradores da Dilma, guevaristas e petralhas. Fuja enquanto ainda é tempo. Se quiser nos xingar nos comentários, fique a vontade, seu ódio ajuda a divulgar nossas produções.

Gostou do conteúdo?


Curta a nossa fanpage no Facebook:  
e siga-nos no Twitter:  

O Metranca agora está aceitando conteúdo enviado pelos leitores!
Confira em: http://coletivometranca.com.br/contribua-com-o-metranca/

Veja Também

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*