Google revela falha de segurança presente na maioria dos processadores Intel, AMD e ARM

2017 foi um ano bem turbulento para para empresas e usuários de tecnologia, tivemos diversos ataques de Ransonwares (softwares que capturam sua maquina em troca de um resgate) que causaram problemas no mundo todo. O ano mal começou e já temos uma nova ameaça em escala global causada por uma falha crítica em processadores das maiores fabricantes do mercado.

Batizadas como Meltdown e Spectre, as falhas de segurança descobertas pelo Google afetam praticamente todos os dispositivos que utilizam os processadores da Intel, AMD ou ARM, ou seja: seu computador, celular e tablet tem grandes chances de possuir essa vulnerabilidade. O grande problema é o fato dela ser fruto de uma falha de hardware dificultando o desenvolvimento de uma solução viável. Agora as empresas de tecnologia estão correndo contra o tempo para desenvolver soluções paliativas para evitar que as vulnerabilidades sejam exploradas.

A falha descoberta é baseada em um recurso de otimização de performance chamado de Execução Especulativa, aonde o processador resolve cálculos antes deles serem realmente necessários, diminuindo o tempo de execução e caso estas operações não sejam utilizados os resultados são descartados. Ou seja: seu processador tenta prever como resolver series de tarefas antes mesmo delas serem solicitadas. Nesse processo os CPUs acabam falhando na verificação de permissões e expondo as informações contidas na memoria do seu dispositivo, possibilitando que por exemplo um website com um script malicioso tenha acesso a informações restritas somente ao sistema operacional. Isso pode fazer com que um invasor possa acessar, modificar e expluir qualquer dado armazenado ou exibido em seu dispositivo.

Não entre em pânico! Como foi dito anteriormente, as maiores empreses de tecnologia do mundo estão trabalhando em conjunto para minimizar os danos. Fique atento às novas informações sobre o assunto, e não deixe de realizar as atualizações de segurança nos sistemas operacionais e softwares pois são elas que te protegem da maioria das vulnerabilidades conhecidas.

Gostou do conteúdo?


Curta a nossa fanpage no Facebook:  
e siga-nos no Twitter:  

O Metranca agora está aceitando conteúdo enviado pelos leitores!
Confira em: https://coletivometranca.com.br/contribua-com-o-metranca/

Veja Também

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*