Conheça o trabalho de Matheus Boaretto

O Coletivo Metranca conversou com o músico Matheus Boaretto, aqui de Joinville.
Atualmente ele cursa a faculdade de Música na Embap, em Curitiba.
Além da música, Matheus escreve frequentemente.

Confira nosso bate-papo:

Coletivo Metranca: Como e quando surgiu seu interesse pela música?

Matheus Boaretto: Quem sabe quando eu tinha uns 14 anos. É. Por ai. É difícil responder a uma pergunta dessas com precisão, sempre fui apaixonado por música. Aliás, quem não é? foi nessa época que percebi que não conseguiria me enquadrar em algum campo fora das artes. Talvez uma escolha difícil, mas sem dúvidas prazerosa.

Coletivo Metranca: Você sempre trabalhou voltado para o MPB?

Matheus Boaretto: Não, não, experimentei todos os estilos, já toquei em bandas de rock, metal, cantei em coros eruditos e fiz participações em projetos de musica alternativa. Acho difícil rotular minhas músicas por conta da diferença entre uma e outra. E sim. Pretendo experimentar novos estilos sempre que puder.

Coletivo Metranca: Qual sua visão atual da Música Popular Brasileira (principalmente em Joinville)?

Matheus Boaretto: A MPB atual está ótima, temos incríveis bandas como Teatro mágico, Vanguart, Cícero e Mallu Magalhão que me dão orgulho de ter nascido na mesma terra. Sobre Joinville, sinto que falta espaço para os músicos conterrâneos, mas falando de qualidade, me surpreendi com duas bandas da região, Circus musicalis e Fevereiro da silva, duas ótimas bandas que só enriquecem o cenário joinvilense.

Coletivo Metranca: De onde surge inspiração para suas composições?

Matheus Boaretto: Espontaneamente. Acho. Algum tipo de fluxo de idéias. A música cria-se por si própria. Um pouco crua de inicio. Logo depois vou esculpindo e dando a ela um formato melhor. As letras vem da mesma forma. Tento pensar no significado logo depois de escrever. Até parece que faz mais sentido assim.

Coletivo Metranca: Quais seus planos como músico?

Matheus Boaretto: Como o de qualquer músico. Reconhecimento nacional, quem sabe até internacional. Estou trabalhando em um projeto que até o final de agosto vai estar pronto, as músicas são todas escritas em inglês e tocadas no violão, estão sendo gravadas em diferentes pontos da cidade de Curitiba. Casas abandonadas. Parques. Campos. Dependendo do conteúdo da música, o lugar a abraça e cria a atmosfera perfeita, os sons naturais acabam fazendo parte da música, fazendo-a se aproximar mais da realidade.

Gostou do conteúdo?


Curta a nossa fanpage no Facebook:  
e siga-nos no Twitter:  

O Metranca agora está aceitando conteúdo enviado pelos leitores!
Confira em: http://coletivometranca.com.br/contribua-com-o-metranca/

Veja Também

Metranca
Sobre Metranca 134 Artigos
O Coletivo Metranca é um portal que trata de comunicação e arte. Formado em Joinville, Santa Catarina, o coletivo surgiu em 2011, como opção e espaço para atender demandas do setor cultural da região.

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*