Conheça o EP “Num Segundo Qualquer”, de Paulo Reis

Por Kátia Dias

O Coletivo Metranca conversou com o instrumentalista e compositor Paulo Reis, de São Francisco do Sul, que recentemente lançou seu primeiro EP intitulado “Num segundo qualquer” contendo três faixas.

Click aqui e ouça o EP de Paulo Reis.

Confira o bate papo que tivemos com Paulo:

Coletivo Metranca: Como iniciou sua carreira musical?

Paulo Reis: Então, eu considero que 1997 tenha sido o inicio, já que foi o ano em que comecei a tocar com a primeira banda e também compus minha primeira música.

Coletivo Metranca: Quais suas maiores referências na hora de compor?

Paulo Reis: Ouço tantas coisas e tão variadas, mas na hora de compor a coisa é diferente! Eu imagino que caras como Nei Lisboa, Vitor Ramil, Zeca Baleiro, Lobão, Pink Floyd, Pearl Jam e Los Hermanos devem ocupar, pela admiração que tenho por eles, o posto de referencias.

Coletivo Metranca: Como é o processo de criação para que você faça suas músicas?

Paulo Reis: No inicio, bem no inicio eu geralmente esperava o relâmpago, aquela coisa que vem e vem pronta! Letra e música juntos. Depois de alguns anos eu passei a achar que não deveria ser só assim, apesar de entender bem a diferença entre o relâmpago e outros processos de composição. Passei a tentar compor a partir da harmonia e (ou) melodia, e também partindo da letra! Admiro também a coisa mais conceitual, de repente passar a compor através de um tema central! Gosto também de registrar qualquer idéia e deixá-las ali, maturando! Sentir é o que iguala todos os processos, seja relâmpago ou rebuscando! Não domino nenhuma das técnicas, mas continuo tentando.

Coletivo Metranca: Como e quando surgiu a ideia de lançar um EP?

Paulo Reis: Desde junho do ano passado eu estou lá no 2K Estúdio trabalhando no meu primeiro CD, as 03 músicas que integram o EP já estavam prontas e como eu sou um cara muito medroso quando se trata do meu trabalho autoral, o EP surgiu como uma maneira dar a cara e de repente servir como um estimulo a mais pra ir fundo na produção do restante das músicas!
Coletivo Metranca: Você tem outros projetos musicais? Como faz para conciliá-los?

Paulo Reis: Tenho sim, tenho trabalhado num projeto com a minha esposa, a Andréa, está em fase final e deve sair também no formato EP. Tenho um projeto chamado Red House Sound Project que já tem composições suficientes pra um CD e aguarda um momento mais adequado de todos os integrantes pra ser produzido. E tem a Capitães, que é um trio que já tem algumas músicas e está em fase de pré-produção! Eu estou aprendendo ainda sobre conciliar, quando souber eu te respondo (risos).

 

 

 

Gostou do conteúdo?


Curta a nossa fanpage no Facebook:  
e siga-nos no Twitter:  

O Metranca agora está aceitando conteúdo enviado pelos leitores!
Confira em: https://coletivometranca.com.br/contribua-com-o-metranca/

Veja Também

Metranca
Sobre Metranca 234 Artigos
O Coletivo Metranca é um portal que trata de comunicação e arte. Formado em Joinville, Santa Catarina, o coletivo surgiu em 2011, como opção e espaço para atender demandas do setor cultural da região.

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*