Destaques

Espaço do Leitor: Escrúpulo de Consciência (Dauto J. da Silveira)

Dauto J. da Silveira[1] A nossa parte nisso tudo é trazer o velho mundo inteiramente à luz do dia e dar uma conformação positiva ao novo mundo. Quanto mais os eventos derem tempo à humanidade pensante para se concentrar e à humanidade sofredora para juntar forças, tanto mais bem-formado chegará ao mundo o produto que o presente carrega no seu ventre. (Karl Marx, 1843)   Estamos diante de uma complexa situação política para as esquerdas brasileiras: a antecipação das eleições presidenciais tornou-se o busílis da questão. Nessa onda, embarcaram não somente grupos mais ou menos institucionalizados, setores artísticos, partidos de esquerda, mas também organizações populares, movimentos sociais e sindicatos de dimensões políticas consideráveis. Os atos ocorridos no Rio de Janeiro, no dia 28 de maio, e em São Paulo, no dia 04 de junho, ambos com mais de 100 mil participantes, foram as duas fortes expressões dessa luta. O primeiro foi organizado […]

Destaques

Boomerang – Evento cultural promove a sustentabilidade através da troca organizada de pertences

O Boomerang é uma festa cultural para fechar o mês de Abril incentivando práticas de sustentabilidade. O evento que ocorrerá neste sábado a partir das 15h e durará o dia inteiro, é gratuito e conta com diversas atrações culturais, além de muito chopp e frutos do mar com opção vegana. A principal atividade é a troca organizada de pertences inspirada no movimento Trocaderia de SP. Pagando R$7,00 na hora você tem sua inscrição feita e pode entregar em nossas stands até 05 pertences que não queria mais. A equipe Boomerang irá etiquetá-los, identificar você e organizar os itens juntos aos itens dos demais participantes. Você pode relaxar, explorar o evento e fazer as trocas dos seus objetos sem pressa e com segurança, pois todos terão identificação e estará a seu alcance nossa Central de Recados para facilitar a comunicação entre os participantes. Atenção: os 30 primeiros inscritos ganham uma caneca de chopp […]

Colunas

Joinville rumo ao Bicentenário | Artigo de Ana Carolina Moura

Por Ana Carolina Moura* Há algumas semanas, logo no início do ano, após voltar de férias, me foi pedida uma tarefa, que a princípio achei bastante interessante: fazer uma redação sobre como eu pensaria na cidade para os próximos anos. Como Arquiteta e Urbanista, adorei poder colocar algumas ideias no papel, ainda que parecessem utópicas ou inviáveis. A ideia central do texto era se colocar no futuro, daqui a 25 anos, como um jornalista que fazia uma reportagem falando sobre o que fora feito na cidade nas últimas décadas. Apesar do texto fictício, procurei colocar algumas ideias bem plausíveis e exequíveis, por entender que esta era a função principal do texto. Como penso que o Planejamento Urbano de uma Cidade Inteligente deve ser feito com a participação popular (e eu só corroboro com ideias de urbanistas e autores renomados como Lynch, Jacobs e Gehl, este último com um ótimo site, o Making Cities […]

Sem imagem
Colunas

Döhler, contra-reforma e ocultamento

Por Dauto J. da Silveira[1] A terceira contra-reforma administrativa da atual gestão de Joinville foi um golpe, especialmente, para uma decisiva área da administração da cidade: a Fundação Cultural de Joinville (FCJ). Se considerarmos que por ela passava boa parte das ações administrativas jungidas aos desígnios de setores populares, de grupos mais ou menos institucionalizados e da ingênua intelectualidade de esquerda e no interior da qual havia núcleos técnicos de relativa autonomia político-administrativa, a reforma administrativa deve ser vista para além do seu ato. Afora isso, cabe observar duas cousas: i) o silêncio sepulcral da comunidade cultural, de toda ordem, em face da reforma e ii) o fato segundo o qual ela ter menos a ver com questões fiscais, de eficiência, etc e mais com as questões de um governo de talho autoritário, cuja vitalidade está no controle sistemático de toda e qualquer forma política. No tocante ao silêncio voluntário, algo curioso […]