Coluna Livre

Joinville retorna ao mapa dos festivais de Metal

Quem frequentou festivais de “música pesada” na Sociedade Avaí, Recreativa Schulz, Cais 90 e Garage Club (Itinga) já estava desacreditado sobre a possibilidade de bater cabeça novamente em um festival de metal na região. A maioria destes locais não existe mais e a “tradição” de um festival que dure mais de um dia parecia já ter se apagado em Joinville. É ai que entra o Metal Joinville. Desde 2012 o grupo vem produzindo alguns eventos na região e, em 2015, organizou o primeiro Metal Joinville Festival, na Estação da Memória. A chuva dificultou (e muito) o festival, mas nesta primeira experiência o público já demonstrava que estava sedento por um festival próprio. Agora, em 2016, a equipe produziu em parceria com o Garage Bar e com as próprias bandas uma nova edição que contou com um público de aproximadamente 500 pessoas. Foram 12 bandas que se apresentaram em dois dias de evento. Desta vez a […]

Sem imagem
Colunas

Dica de leitura: A Aniquilação da Terra do Sempre

Disponível em sites e plataformas como amazon, Google Play, itunes, o livro A Aniquilação da Terra do Sempre, de Tony Bertauski (autor) e Pedro Henrique Leal (tradutor e colunista do Metranca) trata de uma história que envolve ficção científica, fantasia e aventura. Na descrição do próprio livro, Tony Bertauski explica que, apesar de ser um horticultor durante o dia, foi sempre um contador de histórias. O gosto pela leitura possivelmente veio do avô, um trabalhador aposentado pela indústria siderúrgica nos anos 70 que, apesar de não ter uma educação formal, sempre foi um leitor voraz. Tony conta ao discorrer sobre sua biografia que sempre foi fascinado por robôs que poderiam pensar e agir como pessoas e que criar ou tentar passar essa experiência para terceiros é algo desafiador: “Ter uma estória se desenrolando dentro da sua cabeça é uma experiência diferente de ler. Você se conecta com os personagens de uma maneira […]

Colunas

Garage Bar recebe a 2ª Edição do Metal Joinville Festival II

O Metal Joinville Festival, que em 2015 ocorreu na Estação Ferroviária, continua no calendário do cenário underground da região de Joinville. Nesta segunda edição, o evento será realizado no Garage Bar, nos dias 17 e 18 de dezembro e a entrada é gratuita. Ao todo, serão 12 bandas se apresentando, sendo que, no sábado, o show começa a partir das 16 horas e, no domingo, a partir das 15h. A proposta do evento continua sendo um divisor de águas para o cenário, uma vez que promove um festival local, com boa estrutura e entrada gratuita. A iniciativa é patrocinada através de apoiadores e de uma colaboração espontânea do próprio público, que neste ano é de R$10, mas qualquer valor é aceito pela organização do evento. Confiram os nomes e horários de todas as bandas: Sábado (dia 17 às 16h) 16h – Sun Below Us 17h – The Arataca Stoned Farmers 18h – Guerrilla […]

Colunas

Hestórias #7 – Algo Não Cheira Bem no Senado

Fala, galerinha! Tudo certinho com vocês? Já adianto que, infelizmente, não terá nada do Aécin nesta postagem. Então, por que coloquei esse título e essa foto? Porque eu achei “mó” legal! 🙂 Sem mais falação, vamos lá!   #BolsoMico Ontem, no debate de candidatos (nem todos) a Prefeito do Rio de Janeiro, realizado pela Bandeirantes, o filho de Jair Bolsonaro, Flavio Bolsonaro, acabou sendo a peça de uma situação inusitada: após pergunta vinda de um telespectador, ele pediu que a pergunta fosse repetida, pois não tinha entendido. Nesse instante, o “olhinho” direito começou a fechar, quase como se estivesse piscando para uma “gatinha”. Em seguida, deu uma “sambada”, o que no momento me estranhou, pois não havia nenhum som. Imaginei, então, que Flavio estivesse com um Discman ou um Mp3 Player, da Lenoxx, no bolso, ouvindo Raça Negra, mais precisamente a música “Cheia de Manias”. Ao fim, descobri que ele tinha passado mal. Um […]

Coluna Livre

As Olimpíadas acabaram, mas o esporte não

Depois de um “recesso olímpico”, aqui estou para um breve apanhado do que rolou nas Olimpíadas e fora dela nos últimos dias do mundo esportivo. Não nos menosprezemos! Com essa frase, iniciei uma publicação nas redes sociais pouco antes do cerimonial de encerramento das Olimpíadas Rio-2016. Isso porque a delegação olímpica brasileira conseguiu sua melhor colocação na história da competição, mas muitos só lembram que demorou para sair a primeira medalha e que nós não temos um Bolt, um Phelps ou uma Biles, mesmo que tenhamos um Thiago Braz, que apesar de tudo, continua mais conhecido como “o cara da vara”; Isso porque muitos dizem preferir Marta à Neymar, mas só lembram que futebol feminino existe a cada quatro anos; Isso porque o mesmo ocorre com vários outros esportes, que passam três anos no limbo, mas em época de Olimpíadas muitos não entendem como é que Estados Unidos, Grã-Bretanha e China podem […]

Colunas

Hestórias #6 – (In)Feliciano, Circo do Impedimento e em Joinville Matam Leões e Pessoas

Paz e amor no coração de todos! hahahaa!   Fala, galera. Como estão? Tenho andado meio ausente. Por isso, decidi escrever quinzenalmente para a Coluna. Penso que assim será melhor. Esporadicamente, postarei crônicas no intervalo quinzenal. Sem mais enrolação, vamos às Hestórias:   (In)Feliciano O Deputado, que dispensa apresentações, Marco Feliciano, está sendo acusado de ter estuprado uma militante do seu partido, o PSC. Alguém lembra que esse cara e a turma do partido dele levantavam a bandeira de que não havia cultura de estupro? Alguém lembra que eles queriam lançar um projeto de lei para, quimicamente, castrar estupradores? Hahahahaha!! É, Feliciano, o mundo dá voltas. E as vezes, o que cuspimos volta pra gente. Vale enfatizar que ele pode estar sendo vítima de um ataque. Presunção de inocência total. Contudo, cá entre nós, a história leva a crer que tem caroço nesse angu. Em minha opinião, analisando os dois lados, com […]

Colunas

Fandoms e o anseio por violência

Ocasionalmente, fandoms acabam por servir como uma janela peculiar para a mente humana e para o status quo social. Não é sem motivo: como um pequeno microcosmo da sociedade, as fanbases refletem muitos dos preconceitos, anseios e desejos da sociedade de onde vem seus integrantes.   Uma das formas nas quais este espelho é particularmente interessante é a relação dos fandoms com a violência – e as maneiras como está é vista como justificável, aceitável ou até louvável para grupos de fãs. O debate quanto ao uso da violência e particularmente da força letal é longo e complexo. O que para alguns é inaceitável, para outros é o correto é justo; onde uns veem um apelo desnecessário à força, outros encontram justiça. O que para alguns é vingança, para outros é retribuição.   Nessa leitura, a intenção autoral se torna irrelevante. Como nota Foucault, o Autor está morto: seus desejos e intenções […]

Coluna Livre

Sonhar é de graça (e o Maradona também)

Olá, caros leitores! Nesta semana em que se iniciam as Olimpíadas Rio-2016 (antes mesmo do cerimonial de abertura), estou aqui novamente para comentar o que foi notícia no esporte nos últimos dias: Edgardo Bauza é o novo técnico da seleção Argentina. O anúncio foi feito pelo São Paulo, clube que Bauza treinava desde Janeiro. O curioso é que no ano passado, o tricolor paulista já havia perdido o então treinador, Juan Carlos Osorio, para a seleção mexicana. Do jeito que a coisa anda, se o Lisca Doido assumir o São Paulo, ele recebe convite para treinar a seleção brasileira… Maradona já havia se oferecido. Em entrevista na semana passada, ele disse que aceitaria dirigir a seleção argentina até de graça. Bom, que seria de graça, todos nós já sabemos, afinal, depois do seu desempenho comandando os hermanos na Copa de 2010, jamais pagariam para que ele voltasse mesmo… (naquele ano, a Argentina foi […]

Colunas

Hestórias #5 – Queen, Creedence e Pré-candidato a Vereador preso?

Olá, queridos leitores, vai um cafezinho aí? Eu tardo mas não falho, não é mesmo? Hahaa!! Pois é, saiu a 5ª edição daquilo que é um misto de ficção com realidade, por isso o nome “Hestórias”; explico aos que tanto me perguntam (mentira, ninguém perguntou)! Mas, sem mais enrolação (como faz aquele seu professor(a) que tô ligado), vamos às hestórias:   Pré-candidato a falsificador Vereador Estava eu perambulando pela rede mundial, quando me deparo com a seguinte matéria: http://paginapolicial.com.br/homem-detido-com-carro-roubado-e-documentos-falsos/. Tá, mas e daí? Normal, oras! Será mesmo? Se eu te dissesse que o fulano detido é pré-candidato a Vereador em Joinville? E se eu te dissesse que não é qualquer candidato? Mas calma, vamos por partes; já dizia Jack, o estripador. A primeira coisa que notei foi o adesivo do PP; já torci o nariz, mas ok. Aí olhei o nome da peça: Antônio Luis Pereira (com acento circunflexo mesmo); neste instante, […]

Colunas

Tropas Estelares, Earthsea e etnicidade em adaptações

Certas obras não dão sorte quando o assunto é a etnia dos seus personagens. O clássico “Tropas Estelares” de Robert A. Heinlein é um bom exemplo: protagonizado pelo filipino-argentino Juan “Jonny” Rico, a obra foi levada às telas quatro vezes (em vídeo, filme, como uma minissérie para TV e um filme animado) nenhuma das quais preservou a etnicidade do protagonista. No OVA Uchuu Senki, de 1988, pelo estúdio japonês Sunrise, no lugar do filipino dos livros temos um Rico de pele clara e cabelos loiros; a minissérie também trocou a bronzeada Carmencita Ibañez por uma Carmen pálida de olhos azuis claros. Em 1997, levada aos cinemas por Paul Verhoeven, a obra teve seu protagonista trocado pelo alvo John “Johnny” Rico, interpretado por Casper Van Dien; a mudança foi intencional, motivada pelo caráter do filme como uma sátira do livro (lido pelo diretor holandês como uma apologia ao fascismo) na forma de um […]

Colunas

Islamofobia e o editorial da Charlie Hebdo

Não é sem motivo que em 2001 Christopher Allen ressaltou as similaridades entre as imagens referentes ao islã propagandeadas na mídia após o 11 de Setembro e a propaganda nazista referente aos judeus. Nos 15 anos que se sucederam aos atentados perpetrados pela Al Qaeda, a imagem do islã foi associada diretamente ao terror. O antigo fascínio orientalista pela “magia das arábias” (em si já racista e xenofóbico, transformando o árabe em um “outro” exótico e alienígena) deu lugar a uma visão demonizada, onde o islã passava a ser “a antítese da civilização”. Em 2001, a face pública do islamismo, escolhida pela mídia americana era o pregador egípcio Abu Hamza. Como Allen nota, Hamza era a imagem do barbarismo; seus ganchos eram brutais “cicatrizes de guerra” de uma sociedade bárbara com a qual a civilização não poderia conviver. Em uma pessoa só, Hamza incorporava todos os clichês islamofobicos, personificando a imagem do […]

Coluna Livre

A bola pune!

Olimpíadas em Joinville. Na semana passada, a tocha olímpica passou por Santa Catarina, quarta-feira foi a vez de Joinville. E como já ocorrera em outras cidades, um bonitão tentou apagar a tocha. Avisem esse rapaz que por muito menos já mataram até uma onça por aí… Não é à toa, diga-se de passagem, que esconderam com antecedência o jacaré Fritz e as capivaras por aqui… Também previamente, anunciaram que algumas ruas da cidade ficariam intransitáveis. Ou seja, nenhuma mudança no trânsito em relação ao que já ocorre todos os dias. Aliás, a impressão que ficou, foi de que estávamos assistindo a passagem do “buraco olímpico”: A cada rua do trajeto percorrido, um buraco diferente. Uma pesquisa realizada no dia, apontou que nem a defesa do JEC tem tantos buracos. Enfim… Trânsito parado, buracos nas vias… Só faltou um trem cortar a cidade bem na hora para ser a cópia fiel do que […]

Colunas

Hestórias #4 – Fogo Inapagável, FHC treina seu inglês e Moro tem treino em inglês

Olá, amado leitor, É com o calor da tocha olímpica – a qual não paga de jeito nenhum – que lhe dou as boas-vindas! Hoje trago, além dos assuntos desta semana, “cositas” da semana passada; já que andei pegando folga! Hahaha Sem mais falação, vamos lá!   Fernando Joel Henrique Santana Cardozo Mas quem é o portador desse nome? É um personagem da “Hestória”; um misto de FHC e Joel Santana. Mas e aí? Aí que o FHC não fez Open English – a melhor escola de inglês pela internet… – (post patrocinado, não entranhe hahaha). Queridos, é o seguinte: imaginem que no Brasil tivéssemos jornalistas que, além de informados, confrontassem determinados assuntos, os quais, em regra, ficam de lado nas entrevistas. Pois é, aqui não temos, mas no Qatar, eles têm. FHC, o “grande Presidente”, foi, numa boa, conceder entrevista à Al Jazeera, via Skype. Até aí tudo bem, mas… acontece […]

Coluna Livre

Ora, pois!

Mais vice que o Vasco! É, nobres leitores… Depois de ter apostado no título da Argentina na Copa América e os hermanos terem ficado apenas com o vice-campeonato, errei mais uma vez: Cravei França campeã da Eurocopa e herdei outro vice-campeonato. Portugal ficou com o título. Acho que é uma síndrome antiga! Para vocês terem uma ideia da dimensão do que estou falando, acredito que se eu votar em determinado candidato à presidência da república e este for eleito, o governo acaba ficando nas mãos do vice (qualquer semelhança é mera coincidência). O jeito é aceitar a minha síndrome de vice e, até como homenagem aos portugueses, mudar meu nome para Rodrigo da Gama, ora pois. Ainda sobre a Eurocopa, duas coisas me chamaram a atenção na partida final: Tanto Portugal quanto França jogam no esquema tático 4-4-2 e suas variações. Achei ótimo. Já estava cansativa a obsessão de certos nichos futebolísticos […]