Casa Iririú recebe Impar em dose dupla

Sábado (7/10) a opção é teatro com o espetáculo “Doze Trabalhos” e no domingo (8/10) tem estreia de dança com “Lembro do teu gesto como uma oração”. Entrada gratuita.

 

O Espaço Cultural Casa Iririú abre as portas para receber dois projetos do Impar – Instituto de Pesquisa da Arte pelo Movimento – em um único fim de semana. Neste sábado (7/10), o Grupo de Teatro Arte para Todos apresenta a peça “Doze Trabalhos”, com destaque à intérprete de Libras e total acessibilidade para pessoas surdas, e no domingo (8/10) tem estreia da experimentação coreográfica “Lembro do teu gesto como uma oração” reunindoquatro artistas conhecidos no universo da dança catarinense: Amarildo Cassiano, Érika Rosendo, Maria Fortuna e Angélica Maiole. As as apresentações são às 20 horas com entrada gratuita. Ambos os projetos têm apoio cultural do Sistema Municipal de Desenvolvimento pela Cultura – Simdec, Secretaria de Cultura e Turismo e Prefeitura de Joinville.

 

Sobre os espetáculos:

“Doze Trabalhos”: a peça é inspirada no mito dos 12 trabalhos de Hércules e trata dos desafios cotidianos enfrentados pelas pessoas com deficiência ou com algum tipo de limitação, dos conflitos da vida em família e em sociedade, do direito às escolhas, da prática da cidadania, das possibilidades de superação e da alegria de viver. A direção é de Robson Benta, assistência de direção de Nathielle Wougles, concepção coreográfica de Maria Fortuna e dramaturgia de Iraci Seefeldt. No elenco estão seis jovens atores – Dainara Elis, Débora Poleza, Éverton Cardoso, Fabiane Tasca, Geovane Rodrigues, Júlia Prim – que iniciaram sua vida teatral nas oficinas do Programa de Formação Cultural Arte para Todos e hoje encaram o desafio de seguir uma rotina de muito trabalho, com aulas de preparação corporal, laboratórios cênicos e muitos ensaios. O Grupo é mantido pelo Instituto IMPAR e também conta com o apoio do Centro Cultural Deutsche Schule (Bom Jesus-Ielusc), ONG Moradia e Cidadania, Instituto FITEJ, Clic Propaganda, Chico Maurente Fotografia, Mídia Quatro Filmes e RW Contadores.

 

“Lembro do teu gesto como uma oração”: traz o encontro de artistas-criadores-intérpretes que se conhecem, mas pela primeira vez contracenam juntos. É uma provocação a bailarinos com mais experiência cênica e corpos maduros a exercitarem a livre experimentação dos sentidos. É o olhar de quem muito já viu, com o corpo de quem muito já sentiu, possibilitando a exploração de novos sentidos e caminhos da expressão humana. Um  mix da linguagem corporal fundamentada nas diferentes escolas, métodos e vivências cênicas dos artistas envolvidos. O projeto é inspirado pelo poema “Tática e Estratégia”, do uruguaio Mário  Benedetti. Como coreógrafos, Amarildo Cassiano e Érika Rosendo, direção cênica de Angélica Maiole, ensaiadora e produtora executiva Maria Fortuna. Todos como bailarinos e intérpretes. Duração 45 minutos e classificação livre.

 

 

SERVIÇO:

Espetáculo: “Doze Trabalhos”, do Grupo de Teatro Arte para Todos

Data/horário: 7 de outubro (sábado), 20 horas

 

Estreia: “Lembro do teu gesto como uma oração”

Data/horário: 8 de outubro (domingo), 20 horas

Local: ESPAÇO CULTURAL CASA IRIRIÚ

Endereço: rua Guaíra, 634 – Iririú.

 

Ingressos: R$ 0,00 (patrocínio Simdec). Contribuição voluntária: qualquer valor, em prol da manutenção do espaço cultural Casa Iririú, que recentemente foi novamente arrombada e teve equipamentos e materiais furtados.

Gostou do conteúdo?


Curta a nossa fanpage no Facebook:  
e siga-nos no Twitter:  

O Metranca agora está aceitando conteúdo enviado pelos leitores!
Confira em: http://coletivometranca.com.br/contribua-com-o-metranca/

Be the first to comment

Leave a Reply

Seu e-mail não será divulgado.


*