AJOTE recebe os espetáculos Migrantes e Women’s

migrantes 2Espetáculo: Migrantes

 

Após dois anos, Dionisos Teatro volta ao palco do Galpão de Teatro Ajote com o espetáculo Migrantes. As apresentações serão nos dias 18, 19 e 20, sempre às 20h.

Na peça, já vista por mais de 15 mil pessoas, Nelson e Neusa, vindos de lugares diferentes, se conhecem por meio de um programa de correio sentimental de uma rádio e constroem uma nova vida na cidade. As memórias de migrantes na cidade de Joinville servem de inspiração para a montagem do espetáculo que fala de coragem, medos, saudades e sonhos. De onde venho, a que lugar pertenço, o que sinto sobre o lugar onde vivo, são questões que permeiam a peça.

 

Serviço

O quê: Migrantes

Quando: 18, 19 e 20, sempre às 20h

Onde: Galpão de Teatro da Ajote

Ingressos: R$ 30 – à venda no local (no dia das apresentações, uma hora antes) ou pelo site enjoyevents.com.br
Classificação: 12 anos

Ficha Técnica

Direção: Silvestre Ferreira

Texto: Dionisos Teatro

Elenco: Andréia Malena Rocha, Clarice Steil Siewert, Eduardo Campos e Vinícius José Puhl Ferreira

Trilha Sonora Original: Lausivan Correa

Cenário: Dionisos Teatro

Cenotécnico: João M. Pereira

Figurinos: Lucas David

Iluminação: Hélio Muniz

Projeção: Henrique Tobal

Locuções: Jota Montês, Eli Francisco e Ramiro Gregório da Silva

Operação de som, luz e projeção: Manoella Carolina Rego

Duração: 50 minutos

 

Women's. Ana Luisa Fortes e Lara Matos. Foto Andre CarreiraEspetáculo: Women’s

 

Contemplada pelo Prêmio Funarte de Teatro Myriam Muniz 2014, a turnê Women’s [15 anos] vai celebrar a trajetória do espetáculo em cinco cidades do sul do país, incluindo Porto Alegre, Curitiba e as catarinenses Florianópolis, Itajaí e Joinville, onde ocorre a primeira apresentação no Estado nos dias 23 e 24 de setembro, às 20 horas, no Galpão de Teatro Ajote.

Na peça do Grupo Teatral (E)xperiência Subterrânea, uma faxineira que trabalha em um necrotério dialoga com seus fantasmas pessoais enquanto realiza sua tarefa cotidiana. Exaltada por vozes que escuta, começa a conversar sobre um suposto crime e seus vínculos familiares com um cadáver que espera autópsia, até que manipula este corpo dando vida aos diferentes personagens de sua vida recente.

Atividades paralelas

A turnê é acompanhada de uma exposição fotográfica de Lilian Barbon, que ocorrerá no hall do Galpão da Ajote, com imagens que vão muito além do registro do espetáculo e estabelecem relações entre vida e morte, memória e solidão, revelando a força de um corpo que se expressa e inscreve na carne o grito de sua própria angústia.

A turnê ainda oferece uma oficina sobre a atuação e risco na cena, ministrada por Lara Matos e Ana Luiza Fortes, atrizes da peça e mais um livro-programa que conta a história do espetáculo e com críticas de Edelcio Mostaço e Beatriz Molinari, que será distribuído gratuitamente para o público.

Em Joinville a oficina ocorre no dia 24, das 9h30 às 12 horas, no Galpão de Teatro Ajote, e consiste na experimentação de técnicas que circundaram o processo de criação do espetáculo, explorando aspectos de uma pesquisa que o grupo desenvolve desde 2007. A participação é gratuita, mas a idade mínima é de 16 anos e é necessário enviar mensagem com nome e telefone para o e-mail oficina.experiencia@gmail.com.

 

Serviço

O quê: Women’s

Quando: 23 e 24, sempre às 20h

Onde: Galpão de Teatro da Ajote

Ingressos: R$ 20 – à venda no local (no dia das apresentações, uma hora antes) ou pelo site enjoyevents.com.br
Classificação: 16 anos

 

Ficha Técnica

Texto: Daniel Veronose

Tradução e direção: André Carreira

Elenco: Ana Luiza Fortes e Lara Matos

Técnicos: Pablo Luzuriaga e Dimitri Camorlinga

Produção: Lara Matos e Marco Antônio de Oliveira

Duração: 50 minuto

Gostou do conteúdo?


Curta a nossa fanpage no Facebook:  
e siga-nos no Twitter:  

O Metranca agora está aceitando conteúdo enviado pelos leitores!
Confira em: https://coletivometranca.com.br/contribua-com-o-metranca/

Veja Também

Metranca
Sobre Metranca 234 Artigos
O Coletivo Metranca é um portal que trata de comunicação e arte. Formado em Joinville, Santa Catarina, o coletivo surgiu em 2011, como opção e espaço para atender demandas do setor cultural da região.

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*