Contra o tempo depois da porta

Ela diz que não gostou do café da manhã, olha para o lado, ajeita os óculos, vira a página do livro e continua lendo como se não estivesse lendo nada. O olhar dela tem essa mania. Ele levanta lentamente, tão lentamente que parece ter ensaiado seu corpo para acordar, rola pela cama até chegar ao fim, cai ou levanta. Lentamente As folhas caem com facilidade o outono tem dessas coisas. Ela fecha a cortina, o sol sempre foi um ruído para seu cérebro… Ele chega e logo dorme. Ela escreve Ele vê Ela enxerga Lábios Ela não gosta de doce, na verdade não sabe se gosta tem preguiça de provar, ele chega em casa com caramelos. Ela prefere pizza. Ele doce de leite. Sofá O que acontece com a alma quando o corpo não sabe o que fazer? O que acontece com o coração quando o pulmão começa a desaparecer? Ah não […]

Entre Rio e Mar

Em liquefazer e desfazer o mundo gira lentamente, ele não sabe nada sobre a idade dos meus cabelos, sabe a cor dos meus olhos, talvez. Em dia de chuva lembrei de contar o que passou por mim todos esses dias. Tenho cuidado ao caminhar nas calçadas da rua Salta, os pombos sempre estão alegres nas sacadas, sacanas a espera de uma pessoa atrasada para explorar sua paciência defecando em sua cabeça. Eu quase fui dessas, mas estou sempre quase então a merda passa  cerca dos pés. São segundos precisos do destino que te polpam de um mau humor sem precedentes. Passo pelo verdureiro que sempre me diz um feliz bom dia, passa por mim a moça com pressa, os ônibus quase sempre invadem a calçada minúscula onde todos quase se esbarram em um balé urbano tão suave e displicente de si. Têm as meninas e meninos que pela calçada equilibram bandejas com […]

Logotipo da Banda Poison Beer
Colunas

Banda Poison Beer – Entrevista

Diretamente da Rússia Brasileira a Banda Poison Beer! O álcool entra, a verdade sai.  Na mesa do bar todos são doutores, filósofos, astrônomos, políticos e apaixonados. Não há assunto que não possa ser tratado sem que haja polêmica, risadas as vezes um copo virado. No Drunk Talk a entrevista foge do clichesão de “qual os planos para o próximo CD” e as vezes toma até rumos inesperados. Confira nesse episódio o nosso papo com a Banda Poison Beer! Curtiu? Aproveita e já escuta o som novo dos caras!

Rótulos

Helena rói o cantinho das unhas quando está ansiosa. Ela tem uma pinta em formato de coração um pouco abaixo da nuca e chora toda vez que assiste a Sociedade dos Poetas Mortos. Sonha em conhecer a Europa e queria ser pintora, mas descobriu que não era sua real vocação e acabou virando bibliotecária, por causa da sua paixão pelos livros. Helena não gosta muito de sair à noite e bebidas alcóolicas, e por esse motivo, as pessoas costumam chamá-la de certinha.   Sylvia adora ouvir as histórias dos amigos e é uma ótima conselheira. É viciada em blues e tem uma coleção de discos de vinil. Chora escondida todas as noites, de saudade da família que ficou em outro estado. Nunca acerta o delineado no olho- um lado sempre fica diferente do outro. Sylvia gosta de sair com várias pessoas e não acredita muito em relações monogâmicas, e por esse motivo, […]

Colunas

A máscara de Tarn e a relação entre medo e radicalismo.

Um bocado de tempo atrás, eu escrevi dois textos sobre a caracterização dos líderes dos Autobots e dos Decepticons nos quadrinhos de Transformers da IDW e sua relação com questões de ideologia política. Agora volto a abordar o tema com um personagem menor: o misterioso líder da Divisão de Justiça Decepticon (DJD), Tarn. Se a carreira de Megatron serve como um exemplo de como a violência e a radicalização podem corromper um ideal político, e a vida de Optimus Prime demonstra o poder a a influência que representações idealizadas tem apesar da realidade do representarem, Tarn nos demonstra outra coisa. Uma coisa frequentemente ignorada ao se discutir o fanatismo de grupos terroristas, ideologias políticas e torcidas organizadas.   A capacidade do ódio de se auto policiar e de ignorar as objeções morais de si próprio.   Mencionado pela primeira vez em More than Meets the Eye #5 (“Como Ratchet conseguiu suas mãos […]

Colunas

Nuclear Assault + Exciter: Resenha (Curitiba)

Em agosto deste ano a Damar Productions realizou um show inédito no Brasil: Nuclear Assault em sua turnê de despedida. Uma das lendas do Thrash pisando pela primeira vez em terras brazucas, e já foram fazer uma parada logo na Rússia Brasileira, Curitiba. O show foi aberto outra lenda do Metal: o Exciter, e melhor, em sua formação original! Uma noite com dois shows imperdíveis na região! Marcada por muito mosh, bateção de cabeça e stage dive! O MWTV esteve lá e trás um pouquinho de como foi essa pancadaria pra quem não pode estar presente! E se você acha que só um vídeo é pouco, então se liga que o Metal Waste TV está sorteando um CD autografado do Nuclear Assault! Assista o vídeo para saber as regras e inscreva-se no link abaixo! SORTEIO DE CD DO NUCLEAR ASSAULT TRILHA SONORA To Serve Man – Nuclear Assault Heavy Metal Maniac – Exciter Another […]

Colunas

Relaxando ao Som de Metal

Não é de hoje que os metaleiros alegam o heavy metal e suas vertentes trazem tranquilidade e relaxamento para quem escuta. Seguindo essa idéia, os festivais de metal e música underground tem mudado sua cara e cada vez mais unem a tranquilidade da natureza ao som pesado. Em Santa Catarina já se tornou comum. Festivais como Otacílio Rock Festival, o finado Zombie Ritual e o tão amado pelo público Orquídea Rock Festival, que acontecia em Lages em um hotel fazenda, com chalés e açude, além de uma vista maravilhosa, mas infelizmente teve sua última edição em 2013. Se você estava com saudade disso, está com sorte, pois é justamente o que viemos falar aqui. Dia 13 e 14 (sábado e domingo) em Santa Maria, Rio Grande do Sul, ocorrerá a segunda edição do 3 Barras Underground Open Air, um festival de metal que une bandas autorais sulistas em um espaço “a fuder” como definem os gaúchos […]

Colunas

Brutal Assault 2014 (República Tcheca) – Resenha

Brutal Assault 2014 E a viagem não para! Após muita cachaça os acefalos brazucas chegam ao Brutal Assault 2014 para aterrorizar a área. Confira nessa resenha nossas impressões sobre o festival mais casca grossa da República Tcheca! TRILHA SONORA House of Possession – Legion of the Damned Slave Labor – Fear Factory When Death Takes It’s Dominion – KReator Toxic Tomorrow – Repulsor Now You’ve Got Something to Die For – Lamb of god Let Blood Rain – Blood Tsunami Read My Scars – Coroner